Total de visitantes....

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

De onde é que vem?

De onde, como e por quê ?
De onde surge toda essa nuvem de pó? Toda essa neblina que cobre o sol que vejo todos os dias da minha janela quando eu acordo?
Pois é, sentir isso tudo dentro do peito não é fácil.....é louco, doloroso e marcante...
Eu sei que tentar encontrar as respostas não adianta, porque elas não existem....e só a vivência das excêntricidades da vida é que nos trazem a calma e a certeza de que não precisamos das respostas e sim da busca por elas....
Vivendo de espera me fez ver que quando temos o coração cheio de sentimentos, bons é claro, coisas inesperadas vem em nossa direção, aventuras, desafios, barreiras cheias de pedras, muros altos, que estão ali para serem pulados, ultrapassados, vencidos....
Ter uma coisa tão pura e inocente nas mãos e de repente tudo foje como num passe de mágica...os planos, os sonhos, tudo fica confuso, embaralhado, como uma prateleira de livros mal arrumados.
Sentir apertar o peito é sinal de que temos sentimentos, de que há amor dentro de nós. Chorar até cansar é significado de sensibilidade, de saudades, de paixão....
Acordar desejando não lembrar dos próprios sonhos pra que eles não fiquem martelando na cabeça...servir uma xícara com chá e recordar de momentos já vividos...olhar incansavelmente para a mesma foto e descobrir a cada segundo um ângulo diferente...ouvir milhões de vezes a mesma música e ainda sim, emocionar-se...não segurar as lágrimas, apenas deixá-las rolar...
Eu acredito muito que tudo na vida tem um motivo...tudo mesmo, cada sonho, cada momento...cada pessoa que surge no nosso caminho, cada choro e cada sorriso...e é por essa crença, que eu sigo com fé nos meus sonhos....fé no meu caminho, por mais tortuoso e assutador que ele seja...tenho muito amor no coração e muita coragem na alma....
É assim que eu vou enfrentar tudo o que o destino puser no meu caminho...chorando e sorrindo...caminhando e correndo...voando e navegando...
Que o "cara" lá de cima esteja sempre comigo....e com todos nós...

Um comentário:

Alexandre disse...

Lindo texto flavinha!!!
Me identifiquei!!!
Espero que estejas bem querida, seja onde, e com quem for!!!
Beijao

Ale - Mistral